Artigos

Acompanhe as dicas e orientações de nossa
equipe médica para manter a sua saúde em alta!

Artigos

Ginecologia é basicamente a especialidade responsável pela saúde da mulher. Ou seja, o médico ginecologista é responsável por realizar o tratamento e a prevenção de diversas patologias relacionadas aos órgãos genitais femininos. Isso se refere à vulva, vagina, colo do útero, útero, ovários, trompas e mamas.

Devido a sua importância, o médico especializado nessa área deve ser o mais presente durante todas as fases da vida de uma mulher. Seja na puberdade, quando a adolescente começa o ciclo menstrual, passando pela introdução de métodos contraceptivos no início da vida sexual, na gestação e, por fim, durante a menopausa. O ginecologista é o especialista responsável pelo tratamento e orientação da mulher durante todas essas etapas.  

Dentre as doenças ginecológicas e disfunções tratadas por este profissional pode se considerar o aparecimento de doenças sexualmente transmissíveis (DST); prevenção do câncer no colo do útero e de mama; indicação e acompanhamento de remédios anticoncepcionais; descoberta, orientação e acompanhamento durante a gravidez; entre outras doenças associadas aos órgãos femininos.

Por ser ampla, essa área de atuação está interligada com outras especialidades médicas que se completam. Inclusive, não é difícil que um mesmo profissional seja habilitado a exercer mais de uma especialidade. Ou seja, um ginecologista que também esteja habilitado a exercer a função de obstetra. A obstetrícia, por sua vez, é um ramo da medicina incumbido de investigar a reprodução na mulher, desde a gestação, parto e o puerpério (fase após o parto). 

Além do mais, o ginecólogo pode trabalhar em paralelo com outras áreas como mastologia, oncologia, cirurgia plástica, dermatologia, nutrição, fisioterapia e psicologia. 

Devido à importância do acompanhamento médico por parte do ginecologista, é de suma importância que a mulher se consulte com o profissional pelo menos uma vez ao ano. Esse hábito é essencial para a manutenção de sua saúde sexual, reprodutiva e hormonal.

Ginecologia na infância

A partir dos oito anos é possível que haja uma variedade de dúvidas quanto a mudanças no corpo da menina. Como o crescimento das mamas, dos pelos e do início precoce da menstruação. 

A ginecologia infantil também atende meninas de 12 a 14 anos que já iniciaram o ciclo menstrual. Comumente muitas recorrem à consulta com ginecologista, a fim de solucionar dúvidas sobre irregularidades na menstruação e até mesmo cólicas. 

Além do mais, é fundamental que o atendimento por parte do profissional não se limite apenas ao diagnóstico de disfunções, como também na orientação sobre a importância de se prevenir durante atos sexuais e estabelecer visitas periódicas ao consultório ginecológico. 

Especialidades

O ginecologista pode atuar nas mais variadas áreas. Inclusive, podendo se especializar apenas em uma. 

Na mamografia, o médico é incumbido de realizar o tratamento referente ao câncer de mama.

Já a densitometria óssea é uma atuação que concerne o diagnóstico da osteoporose, sobretudo em mulheres na menopausa.

Na medicina fetal, o acompanhamento se dá por meio de exames genéticos, ultrassonografias, entre outras avaliações, a fim de estimar a integridade e saúde do bebê durante a gestação.

A sexologia e especialistas em reprodução humana são duas áreas que propõem, respectivamente, a solução de problemas sexuais e a fomentação da fertilidade.

Quando ir

Se não existe um hábito periódico de se consultar com um médico ginecologista, a mulher, ao menos, deve se atentar a alguns sinais que requerem cuidado por parte desse profissional.

No início da vida sexual, por exemplo, é imprescindível que essa pessoa seja orientada por um profissional da área. Tanto pelas recomendações, quanto pelas informações sobre o uso de métodos contraceptivos. 

Outro problema que afeta muitas mulheres é a tensão pré-menstrual, popularmente conhecida como TPM. Muitas vezes ela pode afetar negativamente a vida da paciente, em virtude das alterações hormonais inerentes a essa condição. Diante disso, o médico ginecologista poderá recomendar o melhor tipo de tratamento relacionado aos sintomas da TPM, que incluem dores, inchaços e mudanças abruptas no humor.

Outro problema que afeta muitas pacientes se refere ao ciclo irregular da menstruação. Seja por atrasos constantes ou pontuais que podem, ou não, indicar algum tipo de gestação indesejada. Outras vezes podem ser apenas problemas hormonais relacionados ao estresse, exagero em exercícios físicos e até indicativos para doenças ginecológicas. Por isso é tão importante que o médico seja consultado quando houver essa desregulação. 

Doenças sexualmente transmissíveis também podem ser identificadas e tratadas graças a uma consulta com ginecologista. A prevenção das DST’s (como HIV, sífilis, gonorreia, HPV e herpes) também faz parte do escopo dado pelos profissionais dessa área.

Outras doenças ou condições como o câncer do colo do útero, endometriose, ovário policístico, corrimentos, cólicas, hirsutismo, alterações mamárias, gravidez, menopausa e até infertilidade são frequentemente levadas para o consultório.

Tratamentos

Caberá a esse profissional, seja pela prevenção ginecológica ou por diagnóstico de doenças, prescrever os mais variados exames como: papanicolau, ultrassonografia pélvica, colposcopia, além de exames clínicos na mama e, a partir daí, junto com a paciente, optar pelo melhor tratamento.

Centro Médico Berrini

Rua Hilário Furlan, 107
Brooklin - São Paulo - SP
CEP: 04571-180

Clique aqui para visualizar o mapa

Horário de funcionamento

Consultas
Segunda a sexta - Das 8:00 as 20:00h

Exames
Segunda a sexta - Das 8:00 as 18:00h
Sabado - Das 8:00 as 12:00h

Novidade!

Agora temos convênio com estacionamento no nº 63 de nossa rua!!